BLUETOOTH E SUA EVOLUÇÃO - Pernambuco Turismo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

09 junho 2011

BLUETOOTH E SUA EVOLUÇÃO


Bluetooth Marketing e sua evolução


Por Bruno Mendes
Dentro das ações promocionais desenvolvidas em mobile marketing, quase todas se utilizam de técnicas ou inovações do Bluetooth, o que gerou inclusive um nome específico para este tipo de ação: Bluetooth Marketing.
Suas características podem ser comparadas às do e-mail marketing, já que a conexão com o servidor gerador da ação promocional só é feito com o consentimento do usuário, que para receber arquivos de conteúdo institucional, promocional e até realizar downloads precisará ativar a conexão Bluetooth de seu celular ou dispositivo móvel.
As primeiras ações deste tipo no Brasil ocorreram em 2006 e de lá para cá esse número só aumenta. Fator determinante para o crescimento da utilização do Bluetooth Marketing é o crescimento de aparelhos celulares no Brasil nos últimos anos.
Boa alternativa para o anunciante que busca segmentar seu mercado, o desenvolvimento do Bluetooth Marketing esbarra na capacidade manuseio e desconfiança do usuário, que mesmo tendo autorizado o serviço fica com receio de invasões maldosas em seu celular.
Mas o BM não encontra resistência apenas aqui no Brasil. A nível mundial, ele já vem sendo utilizado há mais anos e de forma mais constante. Na segunda divisão do futebol inglês, por exemplo, os estádios dispõem essa tecnologia e os torcedores podem fazer downloads de imagens e sons de seu time durante os jogos, o que gera uma receita média de 4 mil Euros por jogo aos cofres do time mandante, e por lá as desconfianças são as mesmas encontradas aqui.

Fatores que impedem a evolução do Bluetooth Marketing

Mesmo diante de vários fatores positivos que cercam o BM, apenas dois fatores negativos podem fazer com que sua utilização comece a ser repensada: evolução tecnológica e alcance. Diariamente novas tecnologias são criadas e , por isso, até quando a usabilidade do BM será a mesma? O alcance das ações de Bluetooth Marketing pode ser considerada de proximidade, já que seus receptores deverão estar próximos ao servidor do sinal. Redes Wireless com conteúdo institucional têm alcance muito maior, por exemplo.
Assim, nos deparamos com um cenário de problemas e perspectivas, que aguarda o desenvolvimento do Bluetooth Marketing ou a substituição dele por outra inovação tecnológica. É certo que a não expansão de seu alcance continuará fazendo dele uma campanha de proximidade, e próximo por próximo, eu prefiro o contato humano ao olho na tela, o aperto de mãos ao digitar nas teclas, a tirar dúvidas em conversas que procurar um SAC online. Eu prefiro uma tecnologia que nunca será substituída: a relação humana!

Fonte: Ponto Marketing

Nenhum comentário:

Postar um comentário