Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

03 abril 2012

HOTEIS E POUSADAS QUE RECEBEM ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO


Hotéis e pousadas no Brasil abrem as portas para turistas com animais de estimação

Os seres humanos providenciaram a reserva e o que se vê na recepção do hotel são malas com rodinhas, bolsa de mão e outra bolsa se mexendo, com um cachorro dentro. Ou o bicho na guia, já fuçando o tapete e as plantas ornamentais, olhando para um cenário estranho: um lobby reluzente, uma lareira crepitando, gente que ele nunca viu ou cheirou na vida se aproximando do dono. Um check-in com latidos e rabo abanando.

Conheça alguns hotéis e pousadas que aceitam pets

Foto 19 de 19 - Brotas (SP), Brotas Eco Resort: O hotel-fazenda não cobra taxas para os cães de pequeno porte, que ficam acomodados nos quartos dos hóspedes. Diárias para casal custam a partir de R$ 510, com café da manhã, almoço e jantar. Tem piscinas, quadras esportivas e fazendinha. Reservas:             (11) 3035-1902      . Site: www.brotasecoresort.com.br (Preços pesquisados na segunda quinzena de março de 2012) Divulgação
No Brasil, os hotéis que recebem os animais de estimação dos hóspedes já são contados em centenas, concentrados principalmente em cidades turísticas das regiões Sudeste e Sul. A política pet-friendly se espalha por hotéis de luxo, hotéis-fazenda, pousadas aconchegantes, hospedagens de todos os tipos e preços, localizadas em centros urbanos, nas montanhas ou próximas do mar. Cachorro adora a areia da praia, ainda que nem sempre possa frequentá-la.
Metrópoles como Rio de Janeiro e São Paulo dão boas-vindas a turistas acompanhados de cães e gatos em estabelecimentos que são ícones da hotelaria, como Copacabana Palace, Fasano, Hilton, Mercure e Atlantica Hotels. Esta rede, por exemplo, recebe os pets dos hóspedes em capitais como Curitiba (PR), Aracaju (SE), Goiânia (GO) e em hotéis de um bairro nobre paulistano, os Jardins.
“Qual é a raça dele? Qual o tamanho?” Em geral, o diálogo para a reserva começa assim. Cães mini, pequenos e médios, com peso máximo de 10 kg, geralmente são mais bem aceitos, mas negociações acontecem. No Rio, a recepção do La Maison Boutique Guest House, na Gávea, informa que o estado de espírito do bicho conta mais do que o tamanho, a fim de que a tranqüilidade dos hóspedes não seja perturbada. Também no Rio, Luciana de Lamare, da Casa Amarelo, um casarão restaurado em Santa Teresa, diz que pode abrir exceções.
Leia o restante da matéria aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário