Dicas de Excursões, Excursão Turismo de Compras, Natal Luz em Garanhuns, Dicas de City Tour: Recife e Olinda, Passeios e Pontos TurísticosPernambuco Turismo
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

21 agosto 2019

TEMPORADA DE CRUZEIROS

Fotos do navio

O Navio Soberano une qualidades e tecnologia para tornar sua viagem surpreendente. Opções gastronômicas e de lazer agradam a todos os gostos, desde aqueles que preferem relaxar de frente ao mar até quem opta por curtir a noite e aproveitar as apresentações exclusivas exibidas no cruzeiro. 

Os itinerários da temporada 2019/2020 incluem destinos como Santos, Rio de Janeiro, Balneário Camboriú e Búzios.

GASTRONOMIA

O Soberano oferece 11 opções entre restaurantes e bares. Grande parte dos pratos servidos no navio valoriza o melhor da cozinha internacional. 
Nos restaurantes Mediterrâneo e Atlântico estão receitas orientais e europeias. Além disso, você pode tomar café ou provar coquetel em um dos bares com música ao vivo no deck como o Brasa Grill.
Leia mais

19 julho 2019

FORTALEZA

Descubra Fortaleza e seus arredores com a CVC! Com lindas praias e sol o ano inteiro, a cidade é um dos destinos mais procurados no Nordeste.

Encontre a loja CVC mais próxima e programe a sua viagem: http://bit.ly/2thZlRk






07 julho 2019

BATE E VOLTA FIG 2019

 moça com roupa de inverno.jpeg

Venha participar do maior bate e volta para o Festival de Inverno de Garanhuns, dia 27 de julho de 2019. Prepare suas roupas de frio e curta o clima gostoso e agradável da cidade das flores.

relógio de flores de garanhuns

A excursão bate e volta para o FIG 2019, sairá da praça do Derby dia 27 de julho de 2019, às 12:30 com parada no Rei da Coxinha e cit tour em Garanhuns.

parque Van Der Linder

Também além do turismo na cidade, a excursão para o FIG, dará uma paradinha na chocolateria 7 Colinas para uma degustação de chocolate quente.


logo Chocolateria 7 Colinas

Não se esqueça de levar uma lembrancinha da cidade e do momento do festival de inverno. No local, são montados vários pontos de vendas para atender os turistas e visitantes.

Casal na Praça Domiguinhos no FIG 2018

O bate e volta  bate e volta poderá ser paga por meio de debito/transferência bancária ou mesmo se você preferir cartões de créditos.

palco Domiguinhos

Muita animação, open bar, transporte climatizado e serviços a bordo para deixar você mais confortável e curtir a viagem com tranquilidade.

Então faça já sua a sua reserva e garanta seu lugar na excursão bate e volta FIG 2019.

30 abril 2019

EMBARQUE DE MENORES

Nova regra para embarque de menores de 16 anos desacompanhados em viagens no Brasil.

O ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) foi alterado pela lei 13.812/2019, cuja a vigência iniciou-se em 18/03/2019 que prevê, dentre outras providências, a necessidade de autorizações judiciais de viagem para o embarque de pessoas desacompanhadas com idade inferior a 16 anos (a regra anterior era para crianças com idade de até 12 anos). Fique atento a nova regra prevista pelo Artigo 83:

Nenhuma criança ou adolescente menor de 16 (dezesseis) anos poderá viajar para fora da comarca onde reside desacompanhado dos pais ou dos responsáveis sem expressa autorização judicial. (Redação dada pela Lei nº 13.812, de 2019)

1º A autorização não será exigida quando:
a) tratar-se de comarca contígua à da residência da criança ou do adolescente menor de 16 (dezesseis) anos, se na mesma unidade da Federação, ou incluída na mesma região metropolitana; (Redação dada pela Lei nº 13.812, de 2019)
b) a criança ou o adolescente menor de 16 (dezesseis) anos estiver acompanhado: (Redação dada pela Lei nº 13.812, de 2019)
1) de ascendente ou colateral maior, até o terceiro grau, comprovado documentalmente o parentesco;
2) de pessoa maior, expressamente autorizada pelo pai, mãe ou responsável.
2º A autoridade judiciária poderá, a pedido dos pais ou responsável, conceder autorização válida por dois anos.
Crianças de 05 anos completos a 12 anos incompletos podem viajar desacompanhadas nos voos domésticos, desde que apresentada a documentação necessária e seja efetuado o pagamento da respectiva taxa de serviço.
Crianças de 12 anos completos a 16 anos incompletos podem viajar desacompanhadas nos voos domésticos, desde que apresentada a documentação necessária. Não há cobrança de serviço.
Confira os valores e regras:
IdadeDisponibilidadeValor
Menores entre 0 e 4 anosNão transportamos desacompanhados-
Menores entre 5 e 12 anos incompletosServiço obrigatórioR$ 200.00
Menores entre 12 anos a 16 anos incompletosServiço gratuito-

Veja quais são as regras:

  • Valores aplicados por trecho e por criança/adolescente
  • É obrigatório a apresentação da documentação exigida pelo ECA (Estatuto da criança e do Adolescente) para menores entre 5 e 16 anos incompletos. 

Observações:

ANAC disponibiliza em seu site um formulário com modelo opcional de autorização expressa de pais ou responsável legal para viagens nacionais de crianças ou adolescentes com até 16 anos acompanhadas por pessoa maior de idade. 

A partir de 16 anos completos, em viagem nacional, o embarque pode ser realizado sem necessidade de autorização. 

Recomenda-se prévia consulta às Varas da Infância e Juventude da Justiça de cada estado quanto à necessidade de reconhecimento de firma dessa autorização de viagem. 

Acesse o modelo de formulário disponibilizado pela ANAC, onde devem ser apresentados em duas vias originais.
Queremos te ver a bordo, então fique atento:
Para o embarque de menor desacompanhado, se faz necessário o preenchimento de um formulário (clique aqui para baixar), além da autorização obrigatória. 

O formulário deverá ser preenchido em 2 vias originais tanto para o embarque na Ida, como para embarque na Volta e deverá ser entregue no momento do check-in no aeroporto juntamente com os demais documentos solicitados.

Obs.: Não aceitamos cópias autenticadas, cópias simples e modelos preenchidos eletronicamente.


Disponível somente pelo Azul Center 11 4003-1118 e no aeroporto.
*Em conformidade com o Estatuto da Criança e do Adolescente, seção 3, artigo 83.

Fonte: site da companhia aérea Azul

25 março 2019

SERVIÇOS DE HOSPEDAGEM

Os cuidados com os serviços de hospedagem, não devem ser ignorados. A priori, parece contraditório o título deste post, visto que somos culturalmente, influenciados pela máxima do poeta Vinicius de Moraes: "...beleza é fundamental".

Mas não se enganem, quem estiver pensando que iremos tratar de beleza ou estética humana. O objetivo na verdade é tratar de uma questão que consideramos fundamental na área do turismo, envolvendo a rede hoteleira: serviços de hotéis.
Fazer aquela viagem dos sonhos, se hospedar num hotel que parece ser coisa de cinema, pode se ter uma grande desilusão, e até mesmo dor de cabeça, quando se pensa apenas em beleza arquitetônica. Claro que um hotel com uma linda fachada de encher a vista é sempre aceitável, mas não é o suficiente.

Não queremos dizer que todos os hotéis cujas arquiteturas são fabulosas, sejam péssimos. O que está em jogo é a qualidade do serviço prestado aos turistas pela rede hoteleira.

Ouvimos casos de turistas que se hospedaram num hotel, muito bonito no visual, mas quando se partiu para o atendimento, foi um fracasso. Acabaram se hospedando num hotel simples, mas com um atendimento decente.
É aqui onde hotéis podem cometer erros. São lindos na estrutura física, uma paisagem de dar inveja a qualquer um, elevadores panorâmicos, piscinas em cascatas. 
         
Infelizmente, beleza não conta neste momento quando se requer do estabelecimento um feedback a altura do bom serviço e conforto.

Entenda-se que não estamos fazendo apologia à hospedagens em hotéis simples, baratos ou não. Queremos apenas chamar a atenção de muitos que acham que apenas a beleza do hotel é o suficiente para se ter uma boa hospedagem. Afinal, "nem tudo que reluz é ouro".

Curta nossa fapage

Acesse nosso blog

HOTÉIS NÃO PRECISAM RESSARCIR DIÁRIAS MENOR QUE 24 HORAS

turismo, mapa, viagem
(Foto: Reprodução/Pexels)


Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu, por unanimidade, que hotéis que oferecem diárias com período inferior a 24 horas não são obrigados a ressarcir seus hóspedes. 

A decisão foi tomada ao negar uma ação que alegava que prever a entrada às 15h e a saída às 12h seria uma violação do Código de Defesa do Consumidor. Os ministros reverteram a decisão da segunda instância.

O Tribunal de Justiça de São Paulo havia determinado pagamento de indenização a consumidores pelo período não usufruído nos estabelecimentos. 

Para Fabíola Meira, advogada do escritório Braga Nascimento e Zilio, a decisão está em consonância com o princípio da harmonização das relações de consumo, na medida em que o estabelecimento necessita de um período para efetuar a limpeza e demais procedimentos para recebimento do novo hóspede.

"O hóspede, na maioria das vezes, pode utilizar todas as dependências do local. Não é proibida a entrada do hóspede no hotel. 

A ilicitude estaria no fato de o hotel não informar clara e previamente os horários de check in e check out ou não cumprir tais horários", acrescenta Fabíola. 

Ela explica que a decisão do STJ ainda pode ser alvo de recurso (embargos de declaração), mas que eles não podem reverter a decisão no tribunal.

20 janeiro 2019

TURISMO LGBT NO BRASIL


Segundo o SEBRAE, Atualmente, o turismo LGBT é um dos segmentos que apresenta maior potencial para o mercado de turismo no Brasil. Segundo dados divulgados no Fórum de Turismo LGBT, em 2017 esse nicho apresentou crescimento de 11%, enquanto o turismo de modo geral apenas subiu 3,5%.
A sigla LGBT reúne pessoas que se consideram lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transgêneros. Segundo estudos, o Brasil é considerado o país com maior potencial para o desenvolvimento do mercado de turismo para esse público em toda América Latina.


Brasil é o segundo maior mercado LGBT do mundo; veja o ranking

Os gastos dos viajantes da comunidade LGBT já superam US$ 218 bilhões neste ano, conforme revelou a consultoria Out Now, durante a WTM Londres 2018. 

O turismo LGBT no Brasil, merece um destaque nesses números.  A quantia inclui despesas com viagens domésticas e internacionais, acomodação, refeições e outros serviços turísticos.
“Esses novos dados globais revelam um mercado robusto, diversificado e crescente. Também é importante, porém, que os fornecedores da indústria de viagens compreendam que precisam se concentrar além do forte valor do mercado, para garantir que seus produtos e serviços sejam bem adaptados”, explica o diretor executivo da Out Now, Ian Johnson.

Os Estados Unidos aparecem na primeira posição com US$ 63,1 bilhões em gastos, à frente do Brasil (US$ 26,8 bilhões), Japão (US$ 20,7 bilhões), Alemanha (US$ 13,8 bilhões), Reino Unido (US$ 11,7 bilhões), França (US$ 11,4 bilhões), México (US$ 11,4 bilhões) e Itália (US$ 9 bilhões).
Os dados fazem parte do programa global de pesquisa LGBT 2030, que abrange um painel com mais de 130 mil participantes de 26 países, que recebeu 8.752 respostas.
Fonte: Bloglovin com adaptaçao